fbpx

Blog de Negociação

Categoria: Teoria de Negociação
Teoria de Negociação
Maria Regina Xausa

Gerenciando Conflitos 5 (1)

Quantas vezes não avaliamos negativamente uma empresa ou uma família só porque está em conflito? Mas afinal, o que é uma empresa ou uma família sadia? É aquela que não tem conflitos? Engana-se quem acredita que a empresa ou a família sadia é a que não é a que não tem conflitos, pois basta existirem duas

Ler Mais »
Teoria de Negociação
Francisco Guirado

Reconhecendo Estilos 5 (5)

Competitivo O indivíduo competitivo persegue intensamente seus próprios interesses e defende energicamente suas idéias, mesmo que às vezes seja à custa de outras pessoas. Por possuir um estilo forte, tende a usar qualquer forma de poder ou tática de influência que lhe pareça apropriada para se impor sobre a outra parte, como sua habilidade para

Ler Mais »
Assertividade
Teoria de Negociação
Francisco Guirado

O Treinamento Assertivo 5 (8)

O material a seguir é a compilação de um artigo e do trabalho acadêmico de Ana Monteiro Grilo. Seu conteúdo foi utlizado como base para o módulo de assertividade de nosso treinamento. Para consultar as referências acadêmicas do texto e ler o artigo original, acessar a seguinte referência: GRILO, Ana Monteiro. Relevância da assertividade na comunicação

Ler Mais »
airbnb | Clube de Negociadores
Teoria de Negociação
Francisco Guirado

O que é uma negociação estratégica? 4.8 (6)

Negociação Estratégica é a arte de preparar e combinar eventos e recursos, no tempo e no espaço, para atingir determinados propósitos e interesses. Para compreender a negociação estratégica, é necessário diferenciar estratégia de tática. Suas raízes remontam da Antiga Grécia, associadas à arte da guerra. O conceito de tática sempre foi o mesmo, relacionada ao

Ler Mais »
Negocianco dom Habernas
Teoria de Negociação
Murilo Furtado

Negociando com Habermas* 5 (1)

Chama-me atenção a atualidade dos textos de Habermas alusivos à comunicação. Sua teoria de ação social se esmera em esmiuçar este fenômeno também percebido em técnicas de negociações complexas.
Segundo Habermas, o agir estratégico implica numa mensagem unidirecional, ou seja, sem a preocupação de um entendimento. Um discurso, sem que haja uma preocupação com a faculdade de entender ou mesmo de compreender o significado de algo. Da mesma forma caracterizada no posicionamento unilateral sem desejo ou necessidade de interagir com a outra parte, presente em negociações distributivas, perde-ganha.

Ler Mais »

CATEGORIAS

Pesquise por Categoria

ÚLTIMOS ARTIGOS