Blog de Negociação

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

4.6
(5)

Novas ferramentas e técnicas de negociação

Recentes pesquisas sobre negociação oferecem ferramentas e técnicas de negociação para fazer abertura fortes, negociar on-line e aumentar seu poder de influência.

Ferramentas e técnicas de negociação

Deseja estar atualizado com as mais recentes ferramentas e técnicas de negociação? As três diretrizes a seguir, oferecidas por pesquisas sobre negociação, ajudarão você a maximizar os benefícios da negociação no mundo dos negócios:

1. Estruture suas frases para o ganho

Imagine que você decidiu vender seu carro. Depois de fazer algumas pesquisas, decide pedir R$ 40.000 com o objetivo de aceitar nada menos que R$ 35.000,00. Ao se reunir com um possível comprador, quais das seguintes ofertas você acha que deveria fazer?

“Estou pedindo R$ 40.000 pelo carro”.

“Eu posso lhe dar o carro por R$ 40.000.”

Como você pode ver neste exemplo, a oferta monetária é a mesma nas duas frases, mas as ofertas são estruturadas de maneira diferente: a primeira destaca o recurso que você está solicitando (dinheiro), enquanto a segunda destaca o recurso que você está oferecendo (o carro). Expressado de maneira diferente, o primeiro se concentra em pegar algo do comprador, e o segundo se concentra em dar algo ao comprador.

Essa diferença sutil é importante, Roman Trötschel, professor da Universidade de Leuphana e seus colegas, encontraram em um estudo de 2015 publicado no Journal of Personality and Social Psychology. Em inúmeras experiências, os pesquisadores juntaram os participantes para se envolver em uma negociação. Seja no papel de comprador ou vendedor, quando um participante oferece um recurso, sua contraparte faz concessões maiores do que quando o participante solicita um recurso – mesmo que as ofertas sejam objetivamente idênticas.

A “aversão à perda” irracional ou a tendência humana comum de preferir evitar uma perda em vez de obter um ganho equivalente, está entre os aspectos fundamentais da negociação. Devido à aversão à perda, enquadrar uma oferta em termos do que o seu homólogo ganharia provavelmente lhe dará um acordo melhor do que enquadrar a oferta em termos do que ele tem a perder.

2. Amplie sua visão – literalmente

Você às vezes negocia em seu smartphone? Antes de escolher sua próxima oferta, convém mudar para um bate-papo por vídeo em seu laptop, como sy¡ugerem os resultados de um estudo de 2018 publicado na revista Group Decision and Negotiation pelos pesquisadores Terri R. Kurtzberg, Sanghoon Kang e Charles E. Naquin.

Em um experimento, os pesquisadores juntaram 376 estudantes de graduação em administração e os fizeram participar de uma negociação fictícia para um carro usado. Alguns negociaram em seus computadores e outros em seus smartphones. Além disso, alguns negociaram pelo modo de vídeo do Skype, enquanto outros simplesmente digitaram mensagens no modo de texto do Skype.

Os pesquisadores avaliaram os resultados dos participantes usando um sistema de pontos. Se negociaram por vídeo ou texto, os pares que usaram computadores obtiveram melhores resultados combinados do que aqueles que usam telefones. Além disso, aqueles que negociaram por vídeo tiveram um desempenho melhor do que aqueles que conduziram negociações de texto. Os resultados mais altos foram alcançados por pares que negociaram via vídeo em um computador.

Por que telas de laptop maiores podem promover melhores resultados de negociação do que telas menores de smartphone? Os negociadores podem estar “mais engajados e menos distraídos” ao olhar para uma tela maior, especulam os pesquisadores. Por esse motivo, suas técnicas e habilidades de negociação podem incluir ligar o computador ao negociar à distância.

3. Aumente seu poder de influência oferecendo conselhos

Os efeitos benéficos do poder de influência na negociação são bem conhecidos. Mas quando você não tem poder de influência, pode ser capaz de aprimorar seu senso de poder – e conseguir um acordo melhor – dando conselhos. O professor Michael Schaerer, da Singapore Management University e seus colegas encontraram em um estudo publicado no Personality and Social Boletim de Psicologia. Em um experimento, eles descobriram que os participantes que se lembraram de um momento em que deram conselhos a alguém, solicitado ou não, se sentiram mais poderosos em comparação aos participantes que não foram convidados a se lembrar de dar conselhos.

Em outro experimento, os estudantes de MBA concluíram uma pesquisa que perguntou sobre o grau em que eles se envolvem em redes, como uma medida de seu desejo de aumentar o poder de influência em sua carreira. Cerca de um dia depois, os alunos participaram de um exercício de negociação em sala de aula entre comprador e vendedor. Posteriormente, eles foram questionados se seus colegas lhes ofereceram conselhos durante a negociação. Os resultados mostraram uma ligação entre a busca de poder e a prestação de aconselhamento, de modo que aqueles que se envolvem com o comportamento em rede com mais frequência também têm maior probabilidade de oferecer aconselhamento de contrapartida. Os resultados sugerem que algumas pessoas podem ser motivadas a exercer influência sobre outras para alcançar um senso de poder.

No geral, as descobertas implicam que, quando você tem um bom conselho para oferecer, deve dar livremente, pois isso pode aumentar seu senso de poder – e, possivelmente, seus resultados de negociação.

Gostou do artigo? Que conselhos você daria a outros negociadores sobre ferramentas e técnicas de negociação?

Fonte: KATIE SHONK. Negotiation Tools and Techniques: Research Roundup. 30 DE SETEMBRO DE 2019 / HABILIDADES DE NEGOCIAÇÃO.

Qual a probabilidade de você recomendar esta atividade?

Deixe sua avaliação!

Classificação média 4.6 / 5. Contagem de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar esse coteúdo.

Você gostou deste conteúdo?

Compartilhe-o com seus amigos!

Que pena que não gostou do conteúdo!

Deixe-nos melhorá-lo!

O que podemos melhorar para deixar você feliz?

Jornada do Negociador

Indicado para quem deseja adquirir todo o conhecimento necessário para  resolver problemas, dos simples aos mais complexos. 

Duração: 130 horas
Invest.: R$ 98,00 x 12 meses

Ideal para quem deseja conhecer os fundamentos da natureza humana e resolver problemas de origem comportamental.

Duração: 40 horas
Invest.: R$ 29,00 x 12 meses

Indicado para quem deseja adquirir todo o conhecimento e prática necessários para  resolver problemas, simples ou complexos. 

Duração: 168 horas
Invest.: R$ 659,00 x 12 meses

CATEGORIAS

Pesquise por Categoria

PRÓXIMOS EVENTOS

ÚLTIMOS ARTIGOS

Conheça seu Perfil

Conheça
seu Perfil de Negociação

Realize o questionário gratuitamente e veja como seu estilo para lidar com conflitos afeta o resultado de suas negociações.

Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência possível de navegação em nosso website.

Habilitar Notificações OK Não, obrigado.